PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO EM SAUDE

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
Uma organização com foco em estratégia parte do pressuposto que todos os colaboradores conduzam suas tarefas diárias na direção do sucesso da estratégia corporativa. O BSC – Balanced Scorecard é uma ferramenta que comunica a estratégia e educa a organização” (Kaplan & Norton, 2001).
Inicialmente considerado um sistema de medição, o Balanced Scorecard passou a ser definido como um sistema de gestão estratégica. Ele traduz a missão e a estratégia segundo quatro perspectivas diferentes: financeira, do cliente, de processos internos e de aprendizagem e crescimento. Ele cria indicadores que monitoram a implementação da estratégia, através de um raciocínio sistêmico e dinâmico. A análise dos indicadores reafirmará a crença na estratégia atual, ou pode revelar a necessidade de uma estratégia totalmente nova.
Para facilitar o entendimento e a comunicação da estrutura do BSC com seus objetivos, indicadores e as ligações de cada perspectiva para a estratégia da organização, foram criados os chamados Mapas Estratégicos.
As organizações focadas na estratégia substituindo relatórios formais por prioridades estratégicas e os ganhos com esta abordagem são, entre outros: 1. as organizações passam a conectar a estratégia ao processo orçamentário operacional. 2. estabelecimento reuniões gerenciais para a avaliação da estratégia, com sistemas de feedback para respaldar os processos. 3. evolução para um processo de melhoria contínua, com aperfeiçoamento dos processos em função da estratégia.
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO EM SAUDE COM UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA DRG
Para garantir a sustentabilidade de um Sistema de Saúde pela entrega de valor, é fundamental que se conheça as características do sistema em questão, as especificidades da população atendida e os seus problemas de saúde. É indispensável que seja medido o impacto dessas variáveis no custo, entendendo e dimensionando os desperdícios assistenciais. O modelo de avaliação da eficiência operacional de um Sistema de Saúde passa por 04 Alvos que se relacionam com a Qualidade do Atendimento prestado ao paciente / usuário.
É evitando desperdícios durante o processo assistencial que surgem os benefícios financeiros e o ganho da qualidade.
A MK Saúde, auditando 100% dos prontuários de pacientes internados, vem assessorando seus clientes a implantar esta métrica, desenhando e acompanhando os indicadores do BSC – Balanced Scorecard, com parâmetros extraídos da base de dados do DRG Brasil, com mais de 2,5 milhões de internações avaliadas.